Ficha Artística e Técnica

Encenação e Produção

Astronauta - Associação Cultural

Dramaturgia

Helena AM Pereira

Interpretação

António Leite, Francisco Leite Silva, Simão Barros, Francisco Conceição, Tiago Teixeira, Luís Canário Rocha, André Aguiar

Voz off

José João Torrinha, Luís Almeida e Cândido Barbosa

Sonoplastia e operação de som e vídeo

Luís Almeida

Conteúdo vídeo

Rui Ribeiro

Desenho de Luz

Simão Barros

Operação de luz

Cândido Barbosa

prec_capa.jpg
prec_capa.jpg

No dia 6 de janeiro de 1976, um grupo de jovens chega à Base Escola de Tropas Paraquedistas, em Tancos, que havia sido um dos palcos do chamado PREC – Processo Revolucionário em Curso– que marcou a vida portuguesa, sensivelmente, entre 11 de março e 25 de novembro de 1975.

Chegam para cumprir os 18 meses de serviço militar obrigatório. 40 anos depois, encontram-se em redor de uma mesa para recordar tudo o que viveram e que os uniu. Como foi a recruta?

Como se divertiam e que novas experiências viveram em conjunto? Como sentiam a situação social, cultural e política que o país atravessava? Que mudanças traria a Constituição da República? Como foi votar, pela primeira vez, para escolher quem nos iria governar? Num espetáculo a dois tempos e com a cena separada entre os episódios de 1976 e o reencontro de 2016, o público será convidado a emergir nas memórias da Revolução, do PREC e dos primeiros passos da democracia portuguesa, numa altura em que a política é ainda a essência de todas as conversas.

PREC no prato! estreou dia 20 de outubro no Centro Cultural Vila Flor em Guimarães, no âmbito do concurso de apoio à criação teatral em que foi um dos três projetos premiados. Desde então já fez várias apresentações, sempre com casa cheia. Tem merecido as melhores críticas dos públicos, não só daqueles que viveram o tempo descrito em cena, como por outros que, a partir deste espetáculo despertam para as potencialidades de reflexão do presente a partir de episódios de um tempo tão específico da histórica recente de Portugal.

dialogue